Colchão para idosos alivia dores e melhora o sono

Saber escolher um bom colchão para idoso ajuda a prevenir uma série de males na terceira idade e elimina fator de risco para diabetes, hipertensão e doenças no coração

A chegada da terceira idade traz uma série de atenções que devemos ter para envelhecer de modo tranquilo e saudável e, muitos desses cuidados passam por uma boa noite de sono. Além de permitir o descanso e dar a energia necessária para o dia seguinte, um colchão para idoso adequado alivia dores. Para completar, dormir bem reduz o estresse, fator de risco para problemas no coração, diabetes, hipertensão e outras doenças.

Como selecionar um bom colchão para idoso?

Antes de mais nada, é preciso encontrar um modelo que faça o encaixe perfeito com as costas do usuário, evitando que a coluna saia do estado natural. Isso ajuda a prevenir uma série de problemas como mal-estar, dores de cabeça, enrijecimento dos músculos, câimbras e ronco.

Em seguida, deve-se buscar um colchão que reduza os despertares noturnos. Ou seja, dê preferência a produtos que diminuam a vibração dos movimentos, como as molas ensacadas, por exemplo. Assim, um bom conjunto de molas, uma espuma capaz de reter e aliviar o peso e uma malha com toque agradável são a escolha ideal para essa faixa etária.

Cuidados extras para dormir bem

Logo depois de encontrar o colchão para idoso adequado, é importante ajustá-lo à altura do usuário. Afinal, isso tem influência direta no esforço de deitar e levantar. Além disso, o tipo de mola ou espuma deve atender ao gosto particular, podendo ir do ultra macio ao ultra firme. De nada adianta comprar o melhor dos modelos se a pessoa não se adaptar ao seu uso.

Ao mesmo tempo, dê preferência a tecnologias naturais que preservam a saúde respiratória, como o Euro Probiotic. Importado da Europa, o recurso impede que os ácaros se multipliquem sem recorrer a produtos químicos aos quais o idoso é sensível.

Recomendações para acamados

Por fim, no caso de pessoas acamadas, as espumas com células abertas fazem a compressão e descompressão necessárias para aliviar a pressão muscular do usuário, evitando as escaras. Nesse sentido, o viscoelástico é o mais indicado. Ele tem uma reação mais lenta e se molda ao corpo, imitando a sensação de um abraço.

Escreva uma resposta ou comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Artigos Relacionados