Travesseiro infantil deve dar segurança e conforto

Confira dicas para escolher o melhor modelo de travesseiro infantil de acordo com a idade do seu filho

São muitos os fatores que influenciam no sono das crianças. Desde a alimentação, passando por um ambiente tranquilo, pela rotina antes de ir para a cama ou berço, e até por fatores ligados a conforto. Portanto, detalhes como um bom travesseiro infantil podem fazer muita diferença para o descanso de toda a família. Afinal, quando o pequeno dorme melhor, todos passam a ter um repouso de qualidade. Veja a seguir algumas dicas para ajudar na escolha do melhor modelo.

Qualidades do travesseiro infantil

Primeiramente, é importante destacar as diferenças de um bom travesseiro infantil para aqueles voltados aos adultos. Nos anos iniciais de vida, precisamos de um modelo macio, leve e sem odores. Além disso, ele deve ser antialérgico, pois as crianças costumam ser mais sensíveis ao contato com ácaros, mofo, poeira e pelos de animais.

Primeira infância

Agora, quando se trata de bebês de até dois anos, as atenções devem ser ainda maiores. Antes de tudo, procure opções mais ventiladas. Ou seja, dê preferência a modelos com furos ou passagem de ar entre meia e uma polegada. Isso é essencial para dar segurança e prevenir sufocamentos. Do mesmo modo, é essencial buscar opções com uma leve inclinação, para prevenir refluxos e engasgamentos.

Todas essas características estão presentes no travesseiro Baby Visco, que tem espuma antipressão, inclinação suave, furos que evitam sufocamentos e formato côncavo para impedir que o bebê vire para os lados. Suas vantagens são complementadas pelo protetor Baby Proactive, que não possui zíper, evitando que os pequenos se machuquem, e protege o travesseiro de alérgenos.

Acima dos 2 anos

À medida que aumenta a idade, diminuem as preocupações. Ainda assim, é essencial estar atento a fatores como matéria-prima. Em seguida, deve-se priorizar modelos de menor tamanho, menos peso e mais maciez. Desse modo, o mais recomendado para crianças até oito anos são os travesseiros de látex baixo, pois evitam alergias, bactérias e permitem a ventilação.

Já para quem tem filhos com nove anos ou mais, vale escutar o pequeno e pautar a escolha pela preferência da criança. Afinal, nessa faixa a prioridade passa a ser o conforto do usuário.

Escreva uma resposta ou comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Artigos Relacionados