De apneia a dor, colchão evita males ligados ao sobrepeso

Escolha do colchão é essencial para quem está acima do peso garantir postura adequada e conforto respiratório ao dormir, evitando problemas como a apneia

Quem está acima do peso sabe que sempre deve tomar alguns cuidados, especialmente na prática de exercícios físicos e na alimentação. Porém, mesmo durante o sono, os quilinhos a mais trazem preocupações extras. As principais estão relacionadas à posição da coluna e à dificuldade de respirar, que podem levar a dores e casos de apneia. Por isso, é fundamental escolher um colchão que ajude a acomodar o corpo e garanta uma noite agradável.

O que é apneia?

Uma das principais consequências do excesso de peso para o organismo é que o acúmulo de gordura na região do abdome pressiona a caixa torácica. Assim, menos ar entra em nossos pulmões e a respiração passa a exigir maiores esforços.

Nesse sentido, o sobrepeso é o principal responsável pela apneia do sono. Ou seja, ele desencadeia episódios de diminuição ou até mesmo interrupção da respiração enquanto dormimos. Além disso, a queda no nível de oxigênio também pode provocar pequenos despertares ao longo da noite. Isso atrapalha o descanso e causa cansaço extremo no dia seguinte.

Balança como inimiga do sono

Quem está com quilos a mais também tende a sofrer com a falta da acomodação natural do peso ao colchão, levando a quadros de má circulação, problemas de postura, ronco, baixa concentração e memória. Para prevenir todos estes males, deve-se evitar colchões muito firmes, como os de madeira. Igualmente, produtos macios demais, como os de ar e água, não são adequados.

Conforto ao respirar

Por sua capacidade de distribuir o peso e proteger a coluna, os colchões de mola são ideais para quem está acima do peso. Outra opção é o modelo híbrido, que alia as molas ensacadas com as espumas de alta qualidade. Ele ajuda a acomodar melhor o corpo do usuário e garante conforto e maior eficiência respiratória, afastando o risco de apneia. Por fim, para casais com diferença de peso, os híbridos ainda trazem uma vantagem adicional: é possível mover-se livremente da cama sem afetar o lado e o sono do companheiro.

Escreva uma resposta ou comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Artigos Relacionados