O que é um colchão ortopédico?

Ao contrário de modelos rígidos ou moles, um colchão ortopédico deve variar entre o macio e o firme, preservando o estado natural da coluna

Na hora de adquirir um novo colchão, é comum surgirem dúvidas a respeito dos modelos existentes. Algumas das principais estão relacionadas ao colchão ortopédico. Desenvolvidos para manter nosso corpo alinhado à noite, eles são essenciais para um bom sono. Para completar, ajudam a prevenir ou evitar o agravamento de problemas na coluna.

Primeiramente, é fundamental destacar que nem todos os colchões são ortopédicos. Modelos duros e rígidos, como os de madeira e isopor, antigamente eram vendidos como adequados. Contudo, eles tiram a coluna do estado natural. Já os excessivamente moles, como os de água e de ar, também deixam a espinha instável. Portanto, quando o assunto é colchão ortopédico, palavras como “rígido”, “duro” ou “mole” estão proibidas.

Por outro lado, todos os produtos da Euro possuem tecnologia ortopédica. Ou seja, desde os mais macios até os mais firmes, os modelos cedem ao peso do corpo na medida certa para preservar a postura ideal durante a noite. Assim, o usuário pode optar tranquilamente pelo seu nível de conforto preferido, pois ele sabe que sua coluna estará segura tanto com o tipo ultra macio, quanto com o extra macio, macio, intermediário, firme, extra firme, ou ultra firme.

As vantagens do colchão ortopédico

O colchão ortopédico traz benefícios no curto e no longo prazo. Em primeiro lugar, ele ajuda a evitar noites mal dormidas, rigidez muscular, irritabilidade e dores nas costas. Além disso, seu uso prolongado é essencial para prevenir contraturas na lombar. Para completar, impede o surgimento de doenças por conta da ausência de um bom sono.

Como garantir uma escolha adequada?

Com todas estas vantagens, o colchão ortopédico é ideal para qualquer idade. No caso dos jovens, ajuda no desenvolvimento da coluna e do restante do corpo. Do mesmo modo, alivia dores musculares do trabalho dos adultos. Por fim, é um aliado contra o desgaste ósseo dos idosos.

No Brasil, o Inmetro garante que bons colchões tenham uma certificação para produtos de alta qualidade. A Euro Colchões foi a primeira empresa no Rio de Janeiro a receber esse reconhecimento. Em 2012, ela trouxe um conceito inovador dos Estados Unidos: o selo de híbrido. Assim, os colchões com esta certificação, como o modelo Diamond, da Euro, aliam o suporte de peso das molas ensacadas com o conforto das espumas especiais.